Gestão de tempo: aprenda a organizar as atividades em sua rotina

Postado por Marketing em 15/maio/2018
thumb image

Sobrevivendo na Faculdade

Você já pensou que tudo seria mais fácil se seu dia tivesse 48 horas? Vive correndo para cumprir prazos? A vida universitária às vezes pode causar estresse, principalmente quando temos que conciliar estágio, faculdade e vida social. Mas não significa que dar conta de tudo isso seja impossível! Com uma boa gestão de tempo, você […]

[ssba-buttons]

Você já pensou que tudo seria mais fácil se seu dia tivesse 48 horas? Vive correndo para cumprir prazos? A vida universitária às vezes pode causar estresse, principalmente quando temos que conciliar estágio, faculdade e vida social.

Mas não significa que dar conta de tudo isso seja impossível! Com uma boa gestão de tempo, você pode ter um dia a dia mais produtivo e ainda sobrar tempo para se divertir e descansar.

Quer saber como trabalhar, estudar e ainda ter disposição para se divertir? Continue a leitura e acompanhe nossas dicas!

Saiba seus horários mais produtivos

Conhecer sua própria rotina e horários de maior rendimento é fundamental. Há diferenças de pessoa para pessoa sobre a parte do dia em que fica mais fácil concentrar e isso faz toda diferença na velocidade em que as tarefas serão feitas.

Se você ainda não sabe em quais horários rende mais, faça testes! Nos próximos dias, tente estudar em momentos diferentes do dia e veja em qual foi mais fácil se concentrar.

A partir desse conhecimento, estabeleça uma rotina de forma a aproveitar esses horários de maior rendimento para priorizar o estudo de matérias mais difíceis e tarefas que demandem mais atenção.

Faça um planejamento

Para não perder prazos e compromissos, é necessário anotar tudo assim que possível. Provas, matérias, entregas de trabalho: tudo isso deve ir para o papel ou aplicativo de lista. Se possível, utilize uma agenda ou calendário para marcar os deadlines e fazer sua gestão de tempo.

Com tudo anotado, fica mais fácil encaixar o que deve ser feito em seus horários disponíveis. Mas, antes disso, você deve refletir sobre sua rotina e definir os horários de estudo assim como os de descanso. Dessa forma, você faz um uso mais racional do seu tempo e reduz o seu estresse, pois já saberá quando cada coisa será feita.

Não procrastine

Fez seu planejamento? Agora é hora de cumpri-lo! De nada adianta ter tudo organizado perfeitamente e esquecer da execução. Se você está com dificuldade para começar, pode utilizar algumas estratégias, como:

  • Técnica Pomodoro: estude por 25 minutos e descanse 5. Com esse método seu cérebro se acostuma com a recompensa e fica mais fácil focar;
  • Dividir um trabalho grande em pequenas metas e ir marcando a cada resolução;
  • Remover as distrações do ambiente de estudo, como celular, computador e TV. Foco é essencial para não procrastinar.

Separe bem as horas de estudo das de descanso

Apesar de ser importante se dedicar aos estudos, o tempo para descanso não deve ser esquecido. Isso porque, quando seu cérebro relaxa, você fica muito mais produtivo nas horas em que precisa render.

Deixar de lado a vida pessoal e o lazer podem causar a síndrome de Burnout, caracterizada pelo esgotamento físico e mental. Ela desencadeia depressão, ansiedade, estresse e a baixa do sistema imunológico, o que pode levar a problemas ainda mais graves.

Portanto, não deixe de aproveitar seu final de semana, dormir, pelo menos, 7 horas por dia, ter hobbies, praticar atividades físicas, ver os amigos e assistir um série de vez em quando. Tudo isso é importante para sua saúde e para você ser um aluno e profissional melhor.

Faça pausas

Complementando a dica anterior, incorpore também pequenas pausas durante as suas horas produtivas, evitando assim os efeitos da sobrecarga de trabalho. O cérebro precisa de intervalos de descanso para que possamos render ao máximo.

A cada 1 hora de estudo, tire uns 5 minutos para esticar as pernas, se alongar e desligar-se um pouco da tarefa que estava fazendo. Você verá como voltará com muito mais disposição e foco.

E não se esqueça de definir a regularidade e o tamanho dessas pausas conforme sua gestão de tempo. Quem utiliza a técnica Pomodoro, por exemplo, para de 25 em 25 minutos, tirando 10 minutos de descanso a cada 4 ciclos completos.

Defina prioridades

Quando temos uma rotina corrida, precisamos aprender a definir algumas prioridades para que nosso tempo não seja gasto com o que não tem tanta importância.

Tem alguma tarefa mais urgente ou mais relevante para ser feita hoje? Coloque no topo de sua to-do list ou planeje-se para fazê-la primeiro. Dessa forma, você pode se dedicar depois às outras tarefas com mais tranquilidade, sabendo que o essencial já foi feito.

Não se esqueça também de sempre focar em uma coisa de cada vez. Tentar ser multitarefas só vai prejudicar seu rendimento e fazer com que as tarefas demorem muito mais a serem feitas.

Por fim, aprenda a dizer “não” quando uma proposta ou pedido não tiver muito a ver com suas prioridades no momento ou fizer você fugir do seu planejamento. Dessa forma, você evita a frustração de não conseguir fazer tudo o que precisava por desperdiçar seu tempo em tarefas que não tinham tanta importância.

Gerenciar a rotina não precisa ser um bicho de sete cabeças! Com organização e disciplina você consegue dar conta de suas tarefas e ainda encontrar um tempinho para descansar. O importante é não deixar de priorizar sua saúde e bem-estar nesse processo.

Gostou das dicas sobre gestão de tempo? Continue a acompanhar nossos conteúdos sobre a vida universitária! Estamos no Facebook, Instagram e YouTube.

[ssba-buttons]

Comentar o Artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *